segunda-feira, 30 de abril de 2012

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Como eu adoro...


... ser convidado para Casamentos! Amanhã teremos novo capítulo no nosso Costume de Escapadela...

terça-feira, 24 de abril de 2012

Sintonia


Moldas-te em mim. A intimação da minha mão amotina-te até ao âmago. Desfloras, pétala a pétala. Tomo-te, polegada a polegada. Estremeço e solicito que te empines. Obedeces. Deliciamo-nos naquele momento inefável em que a penetração é encetada. Preencho-te toda. Sentes a minha mão apertar mais forte o teu pescoço. Aumentas a cadência, tentando sincronizar o ritmo das estocadas com a minha respiração afogueada… enérgica. Cravo os dentes no teu ombro… beijo-te… e sussurro o teu nome. Sinto esse coração martelar em teu peito quando me escutas. Foste reivindicada… tomada… possuída! Murmurando por fim: Pertenço-te!!

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Uma Diva no Divã


Sinuosa
Fundes-te com a mobília da minha Essência
Manhosa
Invocas-me para curvas de Magnificência.

sábado, 21 de abril de 2012

Sexo de Perdição



Não pares! Assim como a Chuva, tu, minha Beldade, podes continuar a descer dos Céus pelo meu Fim-De-Semana inteiro… Não pares! Deliciadamente erecto, irei perdurar nesse movimento lúbrico, até que te desfaças num dilúvio de orgasmos múltiplos. Não pares!

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Janela da Nossa Alma



Repouso no teu seio
Alumiado pelo reflexo da Lua
Que nos desnuda sem receio
Unificando-me nessa tez nua
E nesse âmago que recheio
Levito com o teu sussurro: Faz-me tua!

terça-feira, 17 de abril de 2012

Arquétipos de Perfeição Feminina

Monica Bellucci



Este meu breve comentário seria escusado em virtude da excelência do intelecto das minhas melhores visitantes. Contudo, fico sempre desanuviado quando grafo os meus propósitos e alumio os meus contornos aos olhos de quem não me vislumbra convenientemente.

Se há julgamento que não pretendo ver apontado à minha figura é a imagem de um galanteador fácil, leviano e execrável. Dirijo-me a cada uma das minhas visitantes (sem excepção) com um cunho singular e pessoal. Não gosto de expelir respostas fáceis e banais. Todo o carinho que estampo nas respostas é elogio sentido e apesar de por vezes roçar a lamechice, é do mais sincero possível. A Mulher é uma divindade que eu idolatro sob todos os seus mais gloriosos exemplares, mas isso não faz de mim um perspicaz saltimbanco. Sou um Homem que respeita e apoia toda a Mulher que estima, de forma particular e intransmissível entre figurinos. Um bom Ser Humano é aquele que acarinha o próximo de forma original, sem o cinismo de igualar palavras e actos entre relações. Respeito de forma única cada Mulher que tenho o prazer de me dirigir a sua afeição. E quando amo alguém sob qualquer prisma sentimental, amo-o de forma intensa, procurando altear o seu ego de forma genuína. Poderá surtir como algo hiperbólico, mas amo francamente certas Mulheres que me avistam. Graças à vossa perspicácia, vocês sabem a quem me refiro, vocês sabem quem são. Apesar do poder de tais palavras, vossos maridos e namorados podem estar descansados. A minha Amada também se encontra sempre tranquila, pois sabe VER quem SOU e que meandros me edificam.

Sou mais Homem graças a vocês.
Vocês habitam em mim.
Abraço-vos! Beijo-vos!

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Languescentes



O frémito ainda escorre desta pele
Sussurrante
Após um derrame de mel
Estonteante
Enleante… Vibrante.

Subjugado nesta cama
Afago
As fileiras de quem me ama
Trago
Naufrago… em teu Lago.

Após mágicos cansaços
Recolho e agasalho-te em meus braços.

sábado, 14 de abril de 2012

Sexo de Perdição



Fim-de-Semana com chuva e frio lá fora, lareira acesa cá dentro e aconchego... muito aconchego...

sexta-feira, 13 de abril de 2012

buscARTE



Quem me segue, certamente já assimilou parte dos meus desígnios com este recanto. Sim, habitam por aqui momentos e imagens que afloram uma pornografia pulsante. Até na Rubrica “Eu… Teu…” exponho de forma mais literal esses meus contornos. Munido da minha paixão pela Arte de Fotografar, utilizo o meu recanto de terapia para invocar nessa Rubrica o Desejo de quem me VÊ. Quem se detiver sobre a superfície das imagens erotizadas e do calor das palavras, ficará alheio aos meus profundos intentos.

Selecciono uma imagética libidinosa, escrevo e por vezes fotografo-me para expor a minha Demanda. Nesta curta Existência encarrilho-me numa incessante busca pelo Belo. E quem não conseguir descortinar Beleza nos meandros do Erotismo e da Sexualidade, será um infeliz que desaproveita o seu curto espaço de Tempo terreno sem tocar o Divino. Sou amante dos pequenos detalhes: aquele momento em que dois olhares convergem deliciosamente e esgrimem volúpia, o momento em que uma cuequinha transparente desliza lateralmente para evidenciar o contorno perfeito do rabo feminino, o vulto deificado quando uma Mulher se posiciona num determinado ângulo com os seus deliciosos Saltos Altos, o pulsar da vagina quando “asfixia” o meu pénis, o seu gemido quando se afoga na minha boca, aquele momento em que o clítoris intumesce na ponta da língua, deslizar a mão pelas suas mamas e sentir o relevo do mamilo desperto ao toque, o calor húmido da penetração inicial, sentir as suas cuequinhas molhadas, ser violado por um olhar inflamado, sentir a minha glande alcançar a sua garganta, estremecer quando crava as suas unhas em mim…

Escrevo para te tocar… exponho imagens para te acirrar… fotografo-me para te alvoroçar… sejas tu quem fores… Fantasia da minha Alma… Menina que me cobiça… Rapariga que me vislumbra… Mulher que me arranca da penumbra!

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Despertares


Verto renovadas palavras em tua pele
Versando algo que te espevite
Pois em ti, tudo me impele
Minha poderosa Afrodite.