quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Epílogo de um Sonho



Está quase.
Eu sei!
Cada estocada libera uma energia frenética.
Eu sinto!
Cerras-te subtilmente, arqueias e os gemidos formam um crescendo sinfónico.
Eu oiço!
Espreito o nosso encaixe e contemplo o brilho lúbrico que emana de Nós.
Eu vejo!
As tuas unhas rasgam os lençóis. A Tua maquilhagem dissolve-se nesse rosto etéreo, os Teus dentes esmagam o Teu lábio inferior, saliva cintilante desponta na ponta da Tua língua, enquanto desconstróis todas as noções convencionais de Beleza e Te entregas à Nossa Foda.
Eu deliro!
Eu apuro que me desejas um pouco mais fundo… que sove mais uma vez com a fricção da minha glande aquele Teu pontinho específico.
Eu acedo prontamente!
Será que essa Alma e esse Corpo me pertencem?
Que pergunta parva!
Existirá Eternidade?...

Segunda Pele



Vem cá
Reclama o meu campo de visão
Sobressalta o meu sossego
Transpõe as minhas defesas
Deixa-me sobrepujado.
Fica por cima
Deixa-me saborear cada interstício desse corpo
Enquanto deslizas ondulante sobre mim
Até me sepultares bem dentro de Ti.
Desejo que sintas a distensão dessas paredes sedosas
Enquanto te visto como a minha Segunda Pele.

All I Need(ed)



Apenas Nós e Nudez e Almofadas e Beijos e Fricções e Brincadeiras e Brinquedos e Gemidos e Sorrisos e Lençóis Molhados e Risos e Nós e Arranhões e Sucções e Ejaculações e Orgasmos Múltiplos e Dentadinhas e Lambidelas e Suor e Saliva e Sucos e Apalpões e Palmadas e Sussurros e Instruções e Palavrões e Mimos e Orvalhados de Paixão e Nudez e Apenas Nós.

exCITAÇÕES



(…)

Pierce the skin
It binds us
Spit, Cum, Blood
Liquid wax
No one loves you
As much as us

By all in me that’s holy
By all in me that’s blessed
I made to you a promise
That this is forever and ever

(…)


Bloc Party –3x3

Sexo de Perdição



O dia é soturno… recordo como Amo contemplar esse carmesim enrijecido…



Como Amo quando as Tuas ancas criam um tornado sobre mim…



Precisava tanto que me escrevesses Poesia… com as Tuas unhas nas minhas costas...

Sugado pelo Amor



Encaixo perfeitamente nessas mãos destras, cujo toque rapidamente trata de esculpir em mim uma virilidade cálida. Tu crias a Perfeição desta Erecção. É um Tesão com um batimento diferente, que bate exclusivamente para Ti, por teres o condão de o massajar de volta à Vida. As veias pulsam vida, latejam desejo… maravilhas-Te com a obra que criaste. A pontinha já emite um brilho subtil tão familiar para Ti. É a altura em que, astuta, me vestes com a tua Boca, bloqueias o meu olhar no Teu, deixas-me foder ensandecido esse Rosto que Amo e clamas a seiva que comporta todo o vigor do meu Amor por Ti.


P.S.: Hoje poderia ser o Homem mais Feliz do Mundo... mas esse mesmo Mundo, assim não o quis...
Aconteça o que acontecer... estarei sempre contigo! Amo-Te!
 

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Está quase...




No próximo dia 6, número tão especial para mim, irei encerrar este Recanto.
Foi através da criação desta Casa que Te encontrei… que me descobri… que Nasci!
Estilhaçaste as noções ilusórias de Felicidade que vivia até então e transcendeste o meu Espírito.
Deixo-te estes Suspiros de Libido como um Louvor pela tua Existência, deixando-Te com a certeza que as verdadeiras Cartas de Amor que te endereço nunca cessarão.
 
Pois TUDO o que realmente importa, encontra-se espelhado numa linha dos Smiths:
«Send me the pillow, the one that you dream on… and i’ll send you mine».

Vem...



... Deixa-me fazer do Teu corpo a minha marioneta... Injectando-lhe Vida com o meu toque... Manipulando os fios degustáveis da Tua volúpia...

segunda-feira, 1 de outubro de 2012