terça-feira, 12 de março de 2013

Cumulonimbus



Coloco-Te em posição. Sinto-Te trémula e molhada como uma flor após a tempestade. Gotejas profusamente pelas pétalas. As pernas estremecem quando os ventos intempestivos começam a soprar. Aguardas impaciente pela torrente de paixão que irá desabar sobre a Tua Beleza delicada, à medida que o meu Desejo por Ti enfuna os céus.

8 comentários:

  1. Há tempestades e tempestades....e esta, é especial de se sentir ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Costumam dizer que depois da Tempestade vem a Bonança.
      O que eu temo é que depois da Bonança venha a Tempestade...

      Eliminar
  2. Em tempos de conclave, parece-me bem " enfumar os céus". Beijo
    como estás?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora aí está uma pergunta que não tem Fumo Branco.
      Digamos que estou aqui, mas gostaria bem mais de estar Acolá...

      Eliminar
  3. senti-me assim hoje, Eros! um resultado da meteorologia? ;)

    beijos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Resultado do Senhor do Tempo, talvez...

      Eliminar
  4. Menino vc é muito criativo. vc aflora uma sensualidade nos seus contos que deixam qualquer mulher louca de tesão e desejos.Muito bom isso aqui!!

    Bjssss ♥

    ResponderEliminar