segunda-feira, 11 de março de 2013

Shibari?



Roupas ajustadas ao confinamento da Luxúria, suplantam todas as cordas do planeta.

15 comentários:

  1. Respostas
    1. Refiro-me mesmo ao advérbio Shibari. Na frase, coloco a ênfase do acto artístico de "amarrar", como extensão das mãos de quem ata. Kinbaku é a Disciplina em si… mas eu aludo ao acto "decorativo".

      O ponto de interrogação, questiona a deturpação que o ocidente empregou num termo que nem alude propriamente a uma prática sexual, na sua definição oriental.

      Eliminar
    2. e faz todo o sentido o que dizes. como todas as artes (orientais), exige entrega e (auto)conhecimento.

      beijo (amarrado nessa bochecha :b)

      Eliminar
    3. Artes que deixam qualquer um(a) de olhos em bico...

      Eliminar
    4. tive que ir ao google para saber do que estavam a falar!
      ...mas a foto é fabulosa...

      beijos :)

      Eliminar
    5. (também umas cordas bem colocadas nos pulsos, BW ;)))

      Eliminar
    6. É uma daquelas Fotografias com Voz.

      Eliminar
  2. É caso para dizer " não soltem as amarras, por favor"
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É que nem pensar em soltá-las!
      Beijos

      Eliminar
  3. (q... tudo, pronto! :p)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estas ambições são bem saudáveis.

      Eliminar
    2. eheh mea culpa, não me consigo decidir :)

      Eliminar
    3. Quando isso sucede só há duas soluções:
      - Vendar os olhos e escolher ao acaso;
      - Ou então... tomar poder de Tudo!

      Eliminar
  4. Gosto da ideia de algo que me aperta e que envolve, mas que me deixa livre para....ser Eu. Nunca de algo que me estrangula e não me deixa crescer.

    Beijo
    da Tua *Estrela*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O contraste espevita... nunca definha.

      Eliminar