segunda-feira, 20 de maio de 2013

Stay


O Coração diz: «Fica!»
O Cérebro pergunta: «Para quê?»
O Coração responde: «Uma promessa.»
O Cérebro diz: «Nunca mais!»
O Coração diz: «Esperança.»
O Cérebro diz: «Desgosto.»
O Coração diz: «Espera…»
O Cérebro diz: «Parte…»
O Coração suplica: «Por favor…»
O Cérebro suspira…
Pois nenhum deseja escutar o derradeiro fatalismo do «Adeus».

32 comentários:

  1. Sei como é.... ma desta vez o cérebro vai ganhar e em conjunto irão dizer ADEUS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não quero a vitória de nenhum em particular.
      Desejo a vitória de todas as células do meu Ser.

      Eliminar
  2. conheço bem essa guerra...
    beijinhos, Eros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entrevejo em muitas das tuas palavras essa familiaridade com a mesma luta.

      Beijinhos

      Eliminar
  3. Olá..

    E quando o corpo pede mais uma vez,e o cérebro diz que não é o certo. O coração pede só mas uma vez...

    Nem sempre o adeus é o adeus..

    Como acalmar uma alma que chora, que pede volta. Quanto tempo dura essa dor do abandono, do desligamento do nunca mais.

    Pensamentos em um turbilhão... Sofrimento extremo.

    Sei que vai passar...

    savannah

    Desculpa o desabafo aqui no seu blog... Me li nas suas linhas. Estou passando por isso e não ta fácil. Mas vai passar. é o que todo mundo fala mas eu ainda não sei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sofrer é Viver.
      Não podemos sucumbir... temos de evoluir, com muito do que há ou sem nada do que não existe.

      Desejo que a tua resolução assome de forma vincada.

      Eliminar
  4. Aqui sei bem do que falas. Essa palavra que mata,por dentro e por fora.
    Beijinho apertado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está no sangue.
      Acredito que nascemos com Ela... (e esta singela frase, carrega tantos significados...)

      Beijinho

      Eliminar
  5. ahah eu farto-me de suspirar
    (adoro a foto)
    beijinhos Erosboy :)

    ResponderEliminar
  6. A dualidade entre os dois é complicada. Perde o que não conseguir continuar a argumentar. Até que um dia chegam a um consenso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Haja Harmonia na disputa... algures...

      Eliminar
  7. É...
    Esses dois nunca se entenderam muito bem. Estão sempre é estado de "guerra civil"...
    Bom dia, *beijos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desde que a Guerra não seja apocalíptica...

      Beijos Lírio.

      Eliminar
  8. Quem ama não consegue aprender a dizer ADEUS...

    Ártemis

    ResponderEliminar

  9. Coração sente, Cérebro pensa...

    Beijossss moçoilo ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E depois... algures... destaca-se a batuta do Maestro... :P

      Beijos, moçoila

      Eliminar
  10. Que lindo Eros! O Amor é magnífico... :)

    Eu arranjei uma solução para o meu caso... uni o coração ao cérebro e agora só penso com o coração e sinto com o cérebro.
    Assim nenhum deles (pensamento/sentimento) conseguirá dizer adeus a tudo o que vale realmente a pena. Espero que a minha receita te ajude... Adorei!

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bela... solução, mas prefiro não desvirtuar as funções de cada um. Prefiro manter a Identidade de cada um bem vincada, para o Bem ou para o Mal.

      Beijinho :)

      Eliminar
  11. Tentemos que a luta titânica não acabe com a morte dos dois. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta querela, no fundo, acaba por ser saudável... pois ambos buscam a mesma finalidade: Viver!
      :)

      Eliminar
  12. Bem sabes como travo longas conversas internas entre dois orgãos vitais. O que tento é que sejam sempre diálogos construtivos e nunca discuções. O coração é emotivo e impulsivo e cabe ao cérebro a difícil tarefa de o entender e de o ajudar a encontar os melhores caminhos para que não se magoe. No fundo acho que o cérebro deve ser como a mãe do coração...avisa-o, aconselha-o, proteje-o e mesmo quando esse irreverente não segue os seus conselhos e decide seguir por caminhos turtuosos aprendendo às suas custas aquilo que lhe foi antecipadamente avisado, está lá para o confortar depois da queda e ajudá-lo a levantar. O importante é que semantenham em harmonia, para podermos estar em paz connosco próprios.
    Este post, e principalmente neste dia, foi daqueles que me fez abanar e estás cansado de saber que quando me abano tovam-me músicas....hoje tocou-me esta, ao primeiro segundo que o li.
    Belly - Stay
    http://youtu.be/osid0btySLA
    ...
    He lives in the yard.
    He keeps himself hard.
    He keeps himself homeless and heartless and hard.
    He sleeps under stairs
    Along with the heirs of nothing,
    And nothing means no one who cares.
    But I love him dear,
    And I love him dear,
    And I've loved him hundreds of thousands of years.
    Stay.
    Stay oh oh oh oh stay.
    (stay with me).
    Stay oh oh oh oh stay.
    (stay with me).
    It's not time for me to go.
    It's not time for me to go.
    It's not time for me to go.
    Stay.

    Esta é daquelas bandas que me acompanham há muitos anos. Só têm dois albuns: King e Star :)

    Beijos constelados
    da Tua *Estrela*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vês como me mostras coisas novas (ou não tão novas...)?
      Shame on me...
      Ainda para mais, um dos álbuns intitula-se "Star"... :)

      É formidável como vertes tanta sabedoria em simples parágrafos de uma caixa de comentários... aflorando sempre novas perspectivas sobre temáticas universalmente batidas. Aprendo mais contigo do que aquilo que podes imaginar. Acrescentas-me e fazes-me evoluir.

      Beijo constelado.

      Eliminar
    2. Belly, a banda de Tanya Donelly (que também fez parte dos The Breeders) apenas existiram entre 93 e 95. Chegaram a fazer a abertura de REM na digressão de 95. Conheço-os desde a altura da sua formação (uma das minhas descobertas nas tardes passadas na EMI). Guardo com muito carinho os dois CD's originais que se fossem vinis estariam certamente gastos da agulha.
      Portanto são novos...mas apenas para ti :)
      E andas desatento....há muito que fazem parte dos meus Pleasures: http://estrela-pleasures.blogspot.pt/2013/03/just-thingsstar-belly.html

      Quanto ao resto, delicadeza tua, é sabido que hiperbólico é o teu nome do meio ;)
      Mas se de alguma forma sentes que te faço evoluir, vindo de alguém tão Grande como tu, deixa-me imensamente lisongeada. Obrigada!

      Um resto de bom dia Feliz!
      Beijoooooooos constelados
      da Tua *Estrela*

      Eliminar
    3. E assim se ganha o Dia :)
      Agradeço-te pelos passeios que me patrocinas pela Cidade do Som...

      Beijo constelado

      Eliminar
  13. E quantas vezes mais as perguntas serão repetidas????
    Esse tipo de luta enfraquece-nos, faz-nos sentir derrotados.
    Há uma música que gosto muito, e que se enquadra aqui

    http://www.youtube.com/watch?v=9ykNV77Hq8o

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gótico, com imagens de um filme que me acompanhou pela adolescência... pura verdade! :)
      Curiosamente agora, recordaste-me de certa forma Anathema com One Last Goodbye... Aliás, agradeço-te, pois de certa forma abriste uma gaveta na minha memória.

      Esta "Luta" não me despedaça nem enfraquece... deixa-me mais forte, aliás, bem mais forte. É realmente um processo construtivo e nunca destrutivo, por muito negros que sejam alguns dias. Mas eu preciso justamente da Luz e da Sombra, em porções harmoniosas, para exponenciar os meus picos de Vivência.

      Eliminar
  14. É gótico sim, mas belo! Gosto!

    Essa tua luta fez-me lembrar uma frase de Friedrich Nietzsche:
    "É necessário ter o caos cá dentro para gerar uma estrela."
    Os momentos maus servem sempre para levantarmos com mais força, é verdade, mas enquanto duram, são verdadeiras travessias solitárias, conheço o sentimento.
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Caos é um Velho Amigo... e eu privilegio as amizades que me dão pancadas na cabeça em vez de palmadinhas nas costas...
      :)

      Eliminar
  15. Tão eu essa guerrinha..cérebro e coração!...mas no final o coração sempre vence!!

    Amorbjsss pra vc Eros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que ganhem ambos!
      Pois detesto derrotas...

      Beijos

      Eliminar