segunda-feira, 17 de junho de 2013

Faz... do meu rosto o Teu Trono...



O Astro Rei brilha intensamente, mas prefiro que a Tua sombra esteja encoberta pela escuridão. Prefiro que os azuis, os verdes, os amarelos e os vermelhos do céu, da relva e das flores estejam ocultos para Ti. Na realidade, prefiro que os Teus olhos se achem cerrados e Te encontres mergulhada na doçura das Trevas. Sim, Doçura! Não existem cantos de pássaros, mas desabrocham Sinfonias de Êxtase quando enterras a minha face entre as Tuas coxas.

Sugo os Teus lábios... e a minha língua, desafiando a gravidade, chove em Ti, de baixo para cima. Espremes-me em Ti… extorquindo-me o oxigénio, o som e a luz solar. Furtivamente, fundo um dedo no Teu rabo e regozijo-me com o desenho desse corpo empoleirado em mim. Voluteias pelas Melodias de Luxúria que contagiam o quarto e eu nado pelos mares da Tua exaltação. Até chegar o momento em que fazemos Amor… com os rituais de mil Primaveras aferradas por cada geração de amantes… com dedos e pele e humidade e calor… até deambular conTigo num Pomar de Orgasmos.

Sem pressas… pois teremos mais dias de Sol.

10 comentários:


  1. Esse Trono transporta-nos para todo um êxtase de doçura!

    Beijos moçoilo ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há que tentar provar como o acto de estar sentada não implica propriamente inércia... :)

      Beijos moçoila...

      Eliminar
  2. hummmm que rainha ... que rei

    beijos Eros uma noite feliz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma Realeza, realmente...

      Beijos Bia e dias muito felizes!

      Eliminar
  3. Que venham esses dias de Sol...

    Beijos
    OF

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, que venham... pois eu preciso da sombra dEla...

      Beijos

      Eliminar
  4. Hajam muitos dias de Sol a iluminar os amantes!
    Mas eu prefiro sempre sempre os olhos bem abertos e a Luz à escuridão das Trevas, de modo a gravar na memória cada momento, cada gesto, cada brilho do olhar.
    O Amor vive da Luz e não da Sombra...ainda que seja divina a sombra que te tapa o Sol.

    Beijo constelado
    da Tua *Estrela*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É fácil ver na Luz, apesar de sermos por vezes ofuscados...
      Difícil e estimulante, é Ver na Escuridão...
      Preciso de ambos.... da sensualidade do jogo entre Luz e Sombra.

      Beijo

      Eliminar