quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Vir para Ver



Independentemente
Da velocidade da Luz
Foi a Escuridão
Que chegou primeiro.
Independentemente
Do quão revelador
É o Dia
Vem
Ter comigo à Noite
E ver-Te-ás
Nitidamente
Ver-Te-ás
Finalmente.

4 comentários: