quinta-feira, 2 de abril de 2015

Paixão, Morte, Ressurreição e Ascensão



O zelo maternal advertia:
«Cuidado com os lobos…
Eles conseguem farejar
O leito dos cordeiros
A uma longa distância!»

Mas todas as noites
Ela deitava-se Nua
Despertando pela manhã
Com um odor a Lua
Pois a sua mãe
Jamais considerou
Que não é o Lobo
Quem dorme com o Cordeiro
Mas é o Cordeiro
Quem deve aprender
A correr com o Lobo.

6 comentários: