segunda-feira, 17 de julho de 2017

Diluído pelo Dilúculo



Desperto
De olhos entreabertos
E antes de banhar os cinco sentidos
Pela alvorada
Ela investe sobre a minha
Concentração
Dos pés à cabeça
Latejante
Enquanto me regala
E arregala
A visão
De olhos travessos
Num corpo bronzeado
Em canícula
De cabelos perfumados
Em resquícios do luar
De uma voz que sussurra
Encantamentos de serpente
E de lábios melados
Que se despem
Em longos beijos.

«Bom dia!»,
Diz o meu... suspiro.

4 comentários:

  1. ...um bom dia muito torturante[risos]

    Beijo daqui até aí

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Beijo e votos de um bom dia, para aí :)

      Eliminar
  2. Gosto de apanhar sol assim, de frente.
    Boa semana, Eros!
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa semana, Isabel!
      Que seja convenientemente solstícia.

      Beijo

      Eliminar